Como as empresas estão utilizando a tecnologia para auxiliar na pandemia Covid-19

Sem categoria

Estamos vivendo um momento inexplicável no cenário mundial, todos os dias somos bombardeados com notícias de novos casos de Covid-19, de recordes de mortes e orientações de como se prevenir. Nossa maneira de trabalhar mudou e nossa maneira de ver o mundo também.

Em meio a tanta notícia ruim, surgem coisas boas e vemos empresas e marcas se unindo para contribuir nesse novo cenário. O mesmo está ocorrendo com as empresas de tecnologia, que estão utilizando suas expertises para achar soluções que auxiliem na prevenção e mapeamento dos casos da doença.

Bluetooth de celulares é utilizado para rastrear coronavírus por Apple e Google

As duas empresas fizeram um comunicado conjunto informando que criarão uma forma de monitorar o Covid-19 através de bluetooth de iPhones e Androids. A ideia é que os aplicativos possam rastrear os contatos, informando se o usuário esteve perto de alguém infectado.

Em maio serão liberadas APIs dando acesso às autoridades de saúde para que possam criar seus aplicativos para conter a doença, já nos próximos meses a ferramenta deve ser integrada de forma nativa nos smartphones iOS e Android.

Conforme Apple e Google a ferramenta possibilita que as pessoas participem do processo, tornando o sistema mais eficaz uma vez que permite a interação com os aplicativos das organizações de saúde pública. As empresas também deixaram claro que os usuários precisam dar seus consentimentos para serem incluídos no sistema, não infringindo privacidade de dados.

De forma geral o sistema usará sinais de rádio do bluetooth para os celulares se comunicarem de forma passiva, permitindo que cada dispositivo guarde um registro de outros aparelhos próximos, assim se o dono de um aparelho próximo for diagnosticado você é comunicado, não expondo a identidade da pessoa.

Apple lança Maps para mapear a circulação de pessoas

A nova ferramenta lançada pela Apple é baseada no Apple Maps e irá oferecer informações sobre volume de tráfego de veículos e de pessoas nas vias públicas e usuários de transporte público, com o intuito de auxiliar as autoridades públicas no combate ao coronavírus. O Maps não associará dados de mobilidade ao número de identificação do usuário ou histórico dos locais visitados. Este tipo de serviço é diferente do monitoramento por geolocalização utilizado por alguns países como medida contra a disseminação do Covid-19.

Facebook lançou app que facilita conversas do Apple Watch

O app para Apple Watch permite que os usuários mantenham contato com seus conhecidos mais próximos sem precisar tocar em seus smartphones.

Chamado de Kit (Keep It Touch), o app funciona como o Facebook Messenger, possibilitando o envio de mensagens através de um toque, podendo enviar áudios, compartilhamento de localização, etc.

O Kit chega aos usuários nesse momento de isolamento social para facilitar o contato com a família e amigos. O app já está disponível para download.

Sistema que monitora pacientes por Wi-Fi é criado pelo MIT

O equipamento utiliza inteligência artificial para analisar a frequência respiratória e a qualidade do sono dos pacientes em domicílio.

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC), informou que até 14 de abril mais de nove mil profissionais da saúde se contaminaram com o Covid-19. A fim de diminuir esse índice uma equipe do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) criou um monitor sem fio para o monitoramento dos pacientes a distância.

O dispositivo é parecido com um grande roteador Wi-Fi e é montado em uma parede emitindo sinais que refletem nos pacientes. Através de inteligência artificial são analisados os padrões recebidos e interferida a taxa de respiração, a qualidade do sono e o movimento das pessoas. Chamado de Emerald, o dispositivo aponta se um paciente está com dificuldade para respirar e as informações podem ser acessadas remotamente por um médico.

O uso do Emerald permite que pacientes menos graves fiquem em casa e sejam acompanhados com total segurança pelos médicos.

Recurso que auxilia na busca por atendimento médico online é testado pelo Google

O Google está testando uma novidade que será lançada nos EUA e depois se espalhará para mais países. O buscador e o Maps indicarão médicos que estão realizando consultas através de chamada de vídeo e voz.

Quando o usuário procurar uma clínica médica ou hospital aparecerá um link para “obter atendimento online”, assim filtrará pelos profissionais que estiverem atendendo nessa modalidade, tanto localmente como em território nacional.

O Google também exibirá mais detalhes sobre serviços virtuais de saúde ao se pesquisar termos como “cuidados urgentes”, além de links para páginas com informações relevantes sobre a Covid-19 aos profissionais da saúde.

Esses foram alguns exemplos do bem que estamos vendo em meio ao caos, todos utilizando a tecnologia a favor da saúde.

Acompanhe as redes sociais da DeServ e fique por dentro de tudo o que está acontecendo na área de tecnologia da informação e proteção de dados. Se tiver alguma dúvida entre em contato com nossa equipe especializada.

Telefone: (51) 4063.6218⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
WhatsApp: (51) 98043.9240⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Site: www.deserv.com.br⠀⠀

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *